robô

Desenhar é mais o que observar. Em alguns casos, é necessário exagerar naquilo que se vê para corrigir nossas tendências naturais. Continue lendo...

Os ângulos do desenho são muito importantes porque nos mostram o quanto o modelo está inclinando, quando o seu peso está em repouso, e na medida da sua amplitude de movimento.

Temos a tendência de endireitar nossas figuras inconsciente e até deliberadamente buscando compensá-las. Como a maioria das pessoas não está ciente desta tendência, se o problema não for tratado, resultando será uma figura rígida e robótica.

Solução: Começar a desenhar as curvas e ângulos do seu modelo do modo como você os vê, então exagere nos ângulos afim de compensar a sua tendência inata de endireitar as coisas.

O efeito é que o desenho parecerá ser mais exato. Você tem que sair de sua zona de conforto e forçar um pouco as coisas, dessa forma, para o espectador, o desenho vai parecer ainda mais real.

Uma dica extra do Rodrigo: Se você deseja aprender a desenhar partindo do ZERO, recomendo que aproveite esse vídeo agora mesmo.

QUERO VER O VÍDEO